Blog

Importância de Ter um Planejamento Nutricional para o Outono

2019-03-20




IMPORTÂNCIA DE TER UM PLANEJAMENTO NUTRICIONAL PARA O OUTONO

 Assim como em outras épocas do ano o planejamento nutricional é importante para buscar resultados mais assertivos. A falta de uma estratégia para “enfrentar” o período da seca pode, por exemplo, fazer com que o produtor precise vender animais, mesmo ainda não terminados, na tentativa de “desafogar” a fazenda por falta de pasto, sujeitando-o aos preços pontuais de mercado, o que nem sempre resulta em uma boa remuneração.

É importante ressaltar que aumento de produtividade não é uma estratégia nutricional e sim uma consequência da mesma (quando bem aplicada).

 A chegada do outono traz desafios e oportunidades para a sua fazenda. Neste período, recomenda-se um aporte extra de proteína, o que aumenta a síntese bacteriana, melhorando o aproveitamento das forragens.

 Para os animais que irão passar a seca na fazenda, é importante que cheguem com uma boa condição corporal no período do inverno, pois a manutenção será facilitada, tendo em vista que a recuperação de escore neste período é mais difícil.

 OPORTUNIDADES

 Algumas oportunidades podem ser citadas e monitoradas pelos pecuaristas no período do outono.

     Recriadores: comprar bezerros das “desmamas iniciais” (bezerros do cedo);

     Para quem faz integração Lavoura Pecuária é uma boa oportunidade para aproveitar as palhadas;

     Boiada pronta para abate – maior quantidade de bois prontos e aproximando do ponto de abate;

     Reposição do rebanho - a maioria da desmama do Brasil é realizada em maio e junho;

     Suplementar animais com potencial de abate - suplementação de animais que irão para o confinamento,  visando diminuir os dias neste sistema e adaptação dos animais ao cocho e amido;

     Ter bons pastos “mesmo maduro” para os animais de reposição;

     Caso a fazenda seja de cria, produtora de bezerro, durante o outono as matrizes vão estar no terço médio e terço final de gestação, um planejamento nutricional é muito importante, pois resultará em bezerros de melhor qualidade e melhor performance.

FAZER CONTAS

Outro fator importante para se estabelecer o manejo nutricional dos animais, é a realização de uma análise sobre a viabilidade econômica. Pois não adianta fornecer suplementação diferenciada aos animais, garantindo bom desempenho, se esta não apresentar custo/benefício favorável ao sistema. Em outras palavras, a produtividade animal tem que compensar com sobra o investimento realizado com a suplementação.

MONITORAMENTO

Sabe-se que produzir, entender, monitorar e controlar dados em uma empresa é fundamental para o sucesso do negócio. Na bovinocultura isto não é diferente. Sendo assim, após um bom planejamento nutricional com a realização de estudos e análises que demonstram viabilidade da estratégia, é fundamental o monitoramento dos riscos e controle de pontos críticos. Isto permitirá que durante a execução deste manejo, caso aconteça algum desvio como, por exemplo, desempenho produtivo insatisfatório, seja possível avaliar a causa do problema e também uma intervenção que o sane e possibilite que se tenha sucesso no final do ciclo produtivo.

 

Receba Novidades por E-mail:

Fique Conectado